sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Dica para o ritual da solidão: Desfrutar de estar sozinho





Este mês ando a praticar o ritual da solidão. Mas existem muitas pessoas que abominam estar sozinhas, mal chegam a casa ligam a televisão para lhes fazer "companhia", já para não falar do zapping nas redes sociais, não vá alguém ter publicado alguma coisa muito importante nos últimos 5 minutos.
Uma coisa é estarmos sozinhos e outra é sentirmo-nos sozinhos.
Eu gosto de desfrutar dos momentos em que estou sozinha e gosto de desfrutar dos momentos em que estou acompanhada, como se houvesse um tempo para tudo.
Existem muitas coisas que podemos fazer para desfrutar do nosso tempo a solo:

  • Ler

Pronto, eu sou suspeita porque adoro ler. Acho que poucas coisas me dão tanto prazer como estar sozinha com um bom livro, sem interrupções nem barulho, quando consigo "mergulhar" no livro e soltar a imaginação.

  • Escutar o silêncio

Quem tem sempre a casa cheia, sabe que estes breves momentos em que estamos sozinhos em silêncio é um banho de tranquilidade, sabe tão bem estarmos apenas assim a ouvir o silêncio.

  • Cantar e dançar

E quando não nos apetece estar em silêncio, podemos ouvir a nossa música, podemos cantar e dançar à vontade sem pensar na nossa figura, libertarmo-nos.

  • Tomar uma bebida quente com a mantinha

Nestes dias frios e de chuva, poucas coisas sabem tão bem como estar no sofá tapados com uma mantinha a beber uma bebida quentinha, pode ser chá, café, chocolate quente e se tivermos umas bolachinhas caseiras a acompanhar... hmmm é preciso tão pouco para sermos felizes.
  • Spa caseiro

Quando foi a última vez que tomaram banho de banheira? Sim eu sei, devemos poupar água e ser ambientalmente conscientes. Mas se forem como eu, que se tomar um banho de imersão por ano, já é uma sorte, não vem mal ao mundo e vão sentir-se bem melhor.
Se aproveitarem para fazer uma máscara de limpeza no rosto e colocarem umas velas na casa de banho, depois não digam que não gostam de estar sozinhos.
  • Dolce far niente

E porque não desfrutarmos desta  máxima italiana. Deixarmo-nos estar sem fazer nada e desfrutarmos. Numa sociedade em que estamos sempre ocupados, é um oásis deixarmo-nos estar.



E vocês, gostam de estar sozinhos?



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

A minha hora zen



Este mês estou a praticar o ritual da solidão e hoje vou contar-vos como comecei a ter uma hora só para mim, todas as manhãs.

Tudo começou há uns anos quando senti que a minha vida era trabalho/casa e ao fim de semana aproveitar para estar em família. Não havia momentos para mim. 
Tomei então a decisão, na altura, de levantar-me mais cedo para fazer exercício. Como entrava às 10, em vez de acordar às 8, comecei a levantar-me às 7. Pessoas houve que me disseram que era maluquinha, mas o que é certo é que esta hora adicional começou a proporcionar-me muito prazer. O simples facto de me levantar quando estão todos a dormir e estar em silêncio apenas comigo, passou a ser um ritual muito querido para mim.

Desde essa altura aperfeiçoei aquela hora e neste momento chamo-lhe a minha hora zen. Passei a levantar-me às 6 e sigo a regra dos 20-20-20, que aprendi com o meu "amigo" Robin Sharma. Esta regra não é mais que 20 minutos de exercício, 20 minutos de meditação e 20 minutos de aprendizagem. Além de ter tempo em silêncio, cultivo o corpo, a alma e a mente logo de manhã.

Durante os 20 minutos de exercício faço Pilates ou exercícios localizados. Mais tarde vou começar a praticar yoga, mas tudo a seu tempo.

Durante os 20 minutos de meditação, continuo a praticar como vos tinha contado aqui e é um banho de relaxamento e tranquilidade dentro da minha cabeça.

Durante os 20 minutos de aprendizagem, estudo um livro do meu interesse. E não me limito apenas a ler, faço apontamentos e estudo mesmo. Desde que iniciei este método, já vou no 3º livro. Ou seja, em apenas 20 minutos por dia, com consistência, consigo estudar assuntos do meu interesse. 

Deixei de me levantar a pensar no dia de trabalho que ia ter pela frente, sem vontade nenhuma de sair debaixo do edredão e passei a levantar-me motivada para a minha hora zen.



E vocês, têm alguma altura do dia só para vocês?