Sobre mim




Olá!

Eu sou a Carla e decidi criar este blog para poder partilhar os hábitos que pratico para viver uma vida mais consciente, mais equilibrada e feliz.

Desde sempre que adoro ler, aliás mesmo antes de aprender a ler, abria um livro e fingia que estava a ler. A minha irmã para me apanhar dizia que o livro estava de pernas para o ar, mas eu conhecia a letra "a" e sabia que estava certo e deixava-me ficar com um ar muito sério a "ler". Assim que aprendi a ler, fechava-me na casa-de-banho (o único sítio onde podia estar sozinha) e lia em voz alta os textos do livro de língua portuguesa, como se estivesse a apresentar o telejornal. Ainda me dá vontade de rir quando me lembro.

Desde então já li muitos livros e fui pondo em prática algumas coisas que aprendi. Mas em 2015, através de um livro para deixar de ter enxaqueca, comecei a praticar um estilo de vida mais saudável em termos de alimentação, exercício e sono.
Na verdade senti-me tão bem que além de deixar de ter enxaqueca, deixei também de ter acne, digestões difíceis e azia.

Sentia-me bem até ao dia em que recebi a notícia que ninguém quer receber: tinha cancro da mama.

Foquei-me em ultrapassar os passos necessários para recuperar: exames, biopsia, análises, cirurgia, incertezas e espera, tratamentos de radioterapia, idas diárias ao hospital e a toma diária de um comprimido para os próximos 10 anos.

Após tudo isto fui de férias para descansar... Mas a verdade é que não descansei, não descontraí, nem relaxei... Não consegui.
Sentia-me fraca, triste e vazia. Apesar de estar rodeada do amor da minha família, eu não o sentia porque não tinha amor para dar a mim própria.
No regresso de férias encontrei algum conforto nas minhas rotinas e refugiei-me nos livros. Senti-me tão inspirada por alguns deles que comecei a pôr em prática o que aprendi.

Aprendi que todos somos compostos por 3 elementos: o corpo, a mente e a alma.
Eu já estava a cuidar do corpo, faltava o resto. Ao pôr em prática hábitos para o meu desenvolvimento pessoal, comecei a sentir-me melhor. Mais completa, mais equilibrada e mais feliz.

Aprendi pela minha experiência que temos de ir para além das muralhas que construímos para nos proteger de tudo e de nada, para além das múltiplas camadas que vamos colando em nós (estatuto, papéis sociais, roupas...). Por baixo de tudo isto estamos nós, com as nossas fragilidades mas também com as nossas forças.
É essa pessoa sem máscara que temos de conhecer e amar, para podermos evoluir.

Espero que o caminho que comecei agora a percorrer, vos inspire de alguma forma.